TOYOTA APRESENTA TECNOLOGIAS QUE DEVERÃO ESTAR NO PRÓXIMO COROLLA

Mesmo com lançamento previsto apenas para 2020, a nova geração do Toyota Corolla começa a aparecer em partes. Além de usar a plataforma TNGA (mesma do Prius), informações sobre motor e transmissão foram divulgadas pela própria Toyota. São tecnologias que serão usadas não somente no sedã, como também em outros futuros modelos com a base TNGA.

O motor 2.0 aspirado será modificado para melhor eficiência energética. Além de mudanças na câmara de combustão, haverá a presença da injeção direta e indireta, com funcionamento dependendo da faixa de rotação e aceleração. Junto, a bomba de água e termostática terão funcionamento eletrônico para melhor controle da temperatura, afora a redução de atrito e peso das peças móveis do motor. Por fim, a marca promete melhora na entrega de torque em todas as velocidades e redução das emissões.

No câmbio CVT, a novidade é a presença de uma engrenagem de partida. Ela melhora as respostas em saídas e, com isso, permite um melhor escalonamento da relação de polias e correia para melhor aproveitamento dos giros no motor. O câmbio manual de 6 marchas também foi revisto, ficando menor e mais leve.

A Toyota também trabalha em um sistema híbrido com o motor 2.0. Entre as novidades, há uma central de comando mais compacta e com melhor arrefecimento, além de uma bateria menor e mais eficiente. Melhorias na parte de geração e administração da energia e do momento em que o motor a combustão entra em ação também estão sendo desenvolvidas.

Sistemas de tração integral também estão sendo trabalhados para a plataforma TNGA. Para modelos a gasolina, a vetorização de torque colabora no controle em curvas e em momentos de uso fora-de-estrada. O torque é distribuído automaticamente entre as rodas e os eixos. Para os sistemas híbridos, no qual as rodas traseiras usam motores elétricos, a força será aumentada em 30%.

  • Fonte: MOTOR1 /
  • Autor: REDAÇÃO /
  • Data: 27 fevereiro 2018
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS