VW TEM 30 DIAS PARA ESCLARECER SE AMAROK ESTÁ ENVOLVIDA NO ‘DIESELGATE’

A Volkswagen confirma nesta semana o recebimento de uma notificação do Ibama relacionada ao escândalo de fraude de emissões no Brasil. Segundo informado, o órgão cobra informações sobre a presença do software manipulador em veículos vendidos no mercado brasileiro, tendo a marca o prazo de 30 dias para prestar todos os esclarecimentos. A picape Amarok é o único modelo vendido por aqui com motores da linha EA 189, até agora os únicos envolvidos no escândalo.

Caso sejam constatadas irregularidades, a VW será condenada a pagar R$ 50 milhões em multas e terá de realizar um recall para corrigir o problema. Não obstante, o Ibama também quer saber se a montadora instalou o “dispositivo malicioso” em carros produzidos no Brasil, o que coloca sob investigação também os modelos equipados com motores flex. A marca tem até o início do próximo mês de novembro para esclarecer os questionamentos.

  • Fonte: CARPLACE /
  • Autor: REDAÇÃO /
  • Data: 09 outubro 2015
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS