VOLKSVWAGEN APOSTA NO UP TSI PARA CRESCER EM 2016

A Volkswagen está preocupada com a queda de participação nas vendas internas este ano, que passou de 17,6% para 15,5% no primeiro semestre.

Por isso, já começou a se mexer para tentar recuperar o que foi perdido e o primeiro passo foi o lançamento do Up TSI, na última sexta-feira (24), em Campinas.

Henrique Sampaio, diretor de vendas da Volkswagen, comentou a queda de participação no mercado: “Nosso objetivo é recuperar as vendas perdidas e voltar a crescer no ano que vem. Acreditamos na recuperação do volume que perdemos e na volta do crescimento da Volkswagen no Brasil. Com relação ao mercado geral, 2016 também deverá ser mais promissor”.

“Esse lançamento aumenta a nossa oferta de produtos e não será o único, estamos preparando outras novidades para os próximos meses. Com isso, pretendemos ganhar mercado”, complementou.

Durante o lançamento do Up TSI, o novo presidente da empresa na América do Sul, David Powels, comentou a situação do Brasil:

“O momento econômico nacional é muito complicado, mas o Brasil tem muito potencial. Nós acreditamos que este ciclo ruim acabará e o País voltará a crescer”.


Conheça o Up TSI

O carro de entrada da Volkswagen chega ao mercado com novo motor 1.0 3c TSI, de 105 cavalos, que acelera de 0 a 100 km/h em 9,1 segundos, tem velocidade máxima de 184 km/h e será produzido na fábrica de São Carlos, interior paulista, que receberá investimento de R$ 450 milhões até 2018.

Este motor TSI é o primeiro a ser produzido no Brasil. O câmbio é manual de cinco marchas, que passou por algumas mudanças, para alongar as marchas. Uma versão automatizada pode surgir no mercado, mas a Volkswagen guarda este segredo a sete chaves.

O Up TSI é 4 cm maior no comprimento, com pequeninas mudanças no para-choque e a tampa do porta-malas será preta em todas as versões, diferenciando o Up TSI do Up tradicional.

Internamente, o acabamento segue o padrão das demais versões do Up, mas trazendo alguns diferenciais, que remetem a esportividade. O carro será vendido apenas na versão 4 portas, pois a montadora acredita que o duas portas não seria bem aceito no mercado, por questões culturais do brasileiro.

  • Fonte: UOL /
  • Autor: CAIO BEDNARSKI /
  • Data: 31 julho 2015
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS