Spin lidera ranking mensal de minivans

Em seu primeiro mês completo no mercado brasileiro a Chevrolet Spin mostrou a que veio. Com 4.104 unidades emplacadas até esta quinta-feira (30), segundo ranking diário da Fenabrave, o novo produto da GM é a minivan mais vendida de agosto, já com folga o suficiente para fechar o período na liderança.

Apresentada à imprensa no final de junho, a Spin foi lançada no mercado somente nos últimos dias de julho, quando ainda conseguiu acumular 387 emplacamentos. Seus principais concorrentes, pela ordem de vendas, são Honda Fit, Nissan Livina e Citroën C3 Picasso.

O Fit, que ocupa a segunda colocação entre as minivans em agosto, soma até o momento 3.993 unidades emplacadas, 111 a menos que a Spin. O carro da marca japonesa, por outro lado, é líder disparado no acumulado de vendas, com mais de 22.600 exemplares vendidos em oito meses.

Livina/Grand Livina e C3 Picasso vêm em seguida, com 1.809 e 1.017 unidades comercializadas, respectivamente. Já o acumulado de vendas de ambos até o momento está em 9.310 exemplares do carro familiar da Nissan e outros 5.718 emplacamentos do produto da Citroën.

O que a Spin tem?

Concebida para ocupar as lacunas deixadas pelos modelos Meriva e Zafira, que foram descontinuados, a Spin conta com versões de 5 ou 7 lugares – com dois bancos rebatíveis no porta-malas – e preços variando entre R$ 44.590 e R$ 54.690. A única opção de motor é o bloco 1.8 Econoflex de 108 cv, enquanto o câmbio pode ser manual de 5 marchas ou automático sequencial com 6 velocidades.

A marca vende o veículo nas versões LT e LTZ, que se diferenciam basicamente pela quantidade de itens equipamentos. O modelo top, por exemplo, contém sistema de som com entrada auxiliar e Bluetooth, rodas de alumínio aro 15”, faróis de neblina, entre outros. Já a versão de entrada tem como destaque os aparatos de segurança ativa e passiva, no caso airbags frontais e freios ABS.

  • Fonte: Carros iG /
  • Autor: Thiago Vinholes /
  • Data: 30 agosto 2012
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS