Som no cofre, DJ!

Pensando nisso, a Ford incrementou o Focus ST, seu primeiro carro de performance global, que começa a ser vendido nos Estados Unidos, com um “symposer” ou, simplesmente, um tubo de som especial no motor.

Colocado diretamente no coletor de admissão, o symposer é formado por uma palheta/válvula que vibra com a passagem de ar, amplificando, assim, as frequências baixas do propulsor. O tubo sonoro já foi usado pela marca no Mustang, mas no Focus a válvula eletrônica abre e fecha de acordo com as ações do motorista, como posição do pedal, marcha acoplada e velocidade.

O Focus ST usa motor 2.0 EcoBoost com turbo e injeção direta, que entrega 255 cv de potência e 37,3 mkgf de torque. Nas marchas mais baixas, a válvula age de maneira mais agressiva, intensificando o ronco. Já nas altas, é mais silenciosa, permitindo conforto em viagens, por exemplo.

  • Fonte: Revista Quatro Rodas /
  • Autor: Bruno Roberti /
  • Data: 16 maio 2012
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS