SAAB GANHA AJUDA CHINESA PARA DESENVOLVER CARROS 'VERDES'

As montadoras chinesas Dongfeng Motor e National Electric Vehicle Sweden (NEVS), que comprou a montadora falida Saab em 2012, assinaram um acordo nesta segunda-feira (17) para desenvolver carros verdes em conjunto, disse a agência de notícias estatal Xinhua.
O acordo ajudará a Dongfeng a vender os carros de sua própria marca por meio da rede de concessionárias NEVS na Europa e nos Estados Unidos, além de atender requisitos legais e técnicos europeus, disse a Xinhua. Não foram divulgados os termos fianceiros do acordo.
O negócio é outro passo à frente por parte da NEVS após problemas financeiros fazerem com que a empresa interrompesse a produção dos carros Saab na Suécia no ano passado e a empresa de defesa Saab AB, da qual a Saab Automobile foi criada em 1990, ter contestado seu uso do nome da marca.
O acordo também permitirá que a planejada fábrica da NEVS em Tianjin se aproveite da enorme rede de fornecedores da Dongfeng, segunda maior montadora da China.

64 anos de história
A marca existe há 64 anos e foi criada pela Saab AB, uma empresa aeroespacial e de defesa da Suécia fundada em 1937. De 1947 a 1990, a fabricante de aviões foi a "empresa-mãe" da fabricante de automóveis Saab Automobile.
Entre 1969 e 1995, a companhia passou por uma fusão com a fabricante de veículos comerciais Scania, que ficou conhecida como Saab-Scania e incluía veículos militares.
Em 1990, a Saab Automobile se tornou totalmente independente da fabricante de aviões Saab AB e, em 2000, a GM assumiu o controle da empresa. Na América do Sul, apenas o Chile tem representaçao da marca. No entanto, seus carros são vendidos para mais de 50 países.

  • Fonte: AUTO ESPORTE /
  • Autor: REDAÇÃO AUTOESPORTE /
  • Data: 17 agosto 2015
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS