PROTEÇÃO AO PEDESTRE É PRIORIDADE PARA 2017

A indústria automobilística está investindo R$ 14,2 bilhões só na área de engenharia no período de 2012 a 2018 (R$ 85 bilhões no total), empurrada pelo programa Inovar-Auto, que incentiva as empresas a melhorar a eficiência energética dos seus veículos e a nacionalizar o processo produtivo.

A AEA, associação de engenharia automotiva, acompanha esse programa realizando seminários, formando mão de obra especializada e auxiliando as áreas técnicas para o desenvolvimento do setor, reunindo as demandas e apresentando soluções junto ao governo federal, à indústria e à academia.

Realiza procedimentos técnicos de políticas e legislação ambiental e programas de inspeção e manutenção preventiva.

Para 2017 a AEA vai trabalhar da segurança automotiva. A pedido do Contran e do Detran, os engenheiros vão iniciar o desenvolvimento de estudos para a proteção dos ocupantes do carro no Impacto Lateral e na Proteção ao Pedestre, como sensores que identificam uma pessoa atravessando a rua e o desenvolvimento de materiais que absorvam melhor o impacto do carro como pedestre.

Normalmente esses estudos se baseiam nas normais européias e estadunidenses e são feitas adaptações para condições as brasileiras e à capacidade (e também interesse) das montadoras.

  • Fonte: UOL CARROS /
  • Autor: REDAÇÃO /
  • Data: 16 dezembro 2016
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS