PONTO MORTO E VIDROS FECHADOS ECONOMIZAM COMBUSTÍVEL? MITOS E VERDADES

No mundo do automóvel circulam absurdos que se tornam verdades de tanta repetição. Por isso, preparamos respostas de dúvidas mais frequentes sobre o uso, manutenção e até de características de determinados componentes. Algumas são verdadeiras e outras não fazem sentido.

Então, vidros fechados compensam o gasto do ar-condicionado?
Não há dúvida de que, ao fechar os vidros na estrada, você melhora a aerodinâmica do carro, consumindo menos combustível. Agora, falar que o combustível que você economiza com isso compensa o que iria gastar a mais se ligasse o ar-condicionado não é correto. Isso seria verdade apenas em velocidades realmente elevadas, tipo uns 200km/h.

A bomba de combustível precisa ficar imersa para não queimar?
Ao contrário do que já foi afirmado até mesmo num jornal matutino, a bomba elétrica de combustível não necessita estar imersa. A lubrificação e refrigeração são feitas por meio da passagem do próprio combustível, independentemente da sua montagem dentro ou fora do tanque. Além da passagem do combustível, também é importante verificar o estado dos filtros (de linha e do pré-filtro da bomba), que podem, caso estejam saturados, exigir que a bomba faça muito mais força para enviar combustível aos injetores, aumentando assim seu desgaste.

O compressor do ar-condicionado desliga quando o veículo está sendo muito solicitado?
Sim, esse sistema existe para não deixar o motorista numa enrascada quando ele precisa de mais potência, como numa ultrapassagem. Com o passar dos anos esse sistema foi aprimorado, como o da Volkswagen, que fecha o recírculo do ar para que o compressor “roube” o mínimo de força do motor. Muitas vezes isso ocorre e o motorista nem percebe.

Motores 16 válvulas dão problema?
Não. No passado, realmente tivemos problemas com motores 16V, como o do Gol. Mas atualmente temos ótimos motores 16V, que inclusive não apresentam desempenho fraco em baixas rotações.

É necessário trocar o fluido da direção hidráulica?
Não, apenas verificar o nível do fluido e, caso esteja baixo, completá-lo. Agora, se o sistema trabalhar abaixo do nível mínimo de fluido por algum tempo, a bomba de direção pode acabar liberando partículas metálicas que contaminam o fluido e afetam o bom funcionamento do sistema.

Etanol tem prazo de validade?
Sim, assim como a gasolina. Para ambos os combustíveis, a recomendação é não ultrapassar muito os três meses a partir da fabricação.

Fabricantes devem fornecer peças de reposição por 10 anos?
Essa é balela. O Código de Defesa do Consumidor não estipula um prazo X ou Y para os fabricantes ou importadores manter estoque de peças depois que o modelo saiu de linha. Ele diz apenas que, cessada a produção ou importação do produto, a oferta de peças de reposição deve ser feita por um “período razoável”, o que é muito vago.

A gasolina brasileira é ruim?
Não é verdade. Para se ter ideia, nossa gasolina comum tem a mesma octanagem da gasolina Super europeia. Nossa gasolina Podium, de alta octanagem, é uma das melhores do mundo.

É preciso esquentar o motor do carro antes de usá-lo?
Não precisa. O único cuidado que você deve ter é não acelerar muito até que o termômetro de temperatura comece a subir, já que o carro ainda não atingiu a temperatura ideal.

Andar na banguela economiza combustível?
Não economiza combustível, ao contrário, gasta mais porque o carro vai entrar em marcha lenta, enquanto se você descer uma rua sem acelerar o carro praticamente não gasta combustível. Essa economia pode até valer para carro com carburador, mas isso não compensa o maior desgaste do sistema de freio, já que na banguela você perde o freio-motor, além do risco à segurança.

Devo acelerar fundo ao ligar o carro ou desligá-lo?
Nunca. Ao ligar o carro, o óleo ainda não atingiu todos os pontos do motor para lubrificar as partes móveis, então não acelere forte. Ao desligar, também não se deve acelerar forte, o que não traz qualquer benefício.

  • Fonte: VRUM /
  • Autor: CADERNO VRUM - ESTADO DE MG /
  • Data: 30 setembro 2014
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS