PARIS PROIBIRÁ TRÁFEGO DE CARROS POR UM DIA

Apesar de toda a recente polêmica envolvendo o fechamento da Avenida Paulista, em São Paulo, para o tráfego de carros por um dia, o fato é que iniciativas como essa já não são novidade para outras cidades grandes do exterior. Bogotá, por exemplo, bloqueia aproximadamente 130 quilômetros de ruas para os motoristas todo domingo e, agora, Paris pretende fechar grande parte de seu núcleo urbano para todos os carros durante um dia.

"La Journeé sans Voiture", como o evento é chamado, acontecerá no dia 27 de setembro, das 11h às 18h, e proibirá o trânsito de veículos em boa parte do centro da cidade, como o entorno da Torre Eiffel e de dois grandes parques. Em casos de emergência, exceções serão feitas - ambulâncias, por exemplo, têm tráfego permitido durante todo o dia.

Que será um belo dia para caminhar e andar de bicicleta às margens do Rio Sena, ninguém duvida. A principal motivação para a realização do evento, no entanto, é chamar a atenção para o nível preocupante de poluição do ar da cidade, que atingiu índices piores que os de Pequim em alguns dias.

A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, maior responsável pela iniciativa, é adepta a políticas bastante progressistas quando se trata de transporte, reforma ambiental e espaço público. No atual mandato, reativou lugares abandonados, incentivou práticas de arquitetura sustentável e investiu para que as pessoas fossem capazes de ir a pé ou de bicicleta para o trabalho.

O "problema" dos carros, porém, ainda não tem solução. No ano passado, a cidade tentou, sem sucesso, banir quase metade da frota de veículos das ruas ao permitir que placas ímpares e pares trafegassem apenas em dias alternados, mas a ideia foi abandonada após um dia de vigência.

Outras cidades europeias, como Madri, Dublin e Hamburgo, também têm tentado encontrar formas de proibir permanentemente o tráfego de carros em seus centros, e a iniciativa tomada pelos franceses pode ser pioneira de um cenário comum em um futuro próximo e anteceder as discussões que deverão ser feitas no país durante a United Nations Climate Change Conference, em novembro e dezembro.

  • Fonte: QUATRO RODAS /
  • Autor: ANAÍS MOTTA /
  • Data: 01 setembro 2015
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS