NOVO HONDA ACCORD EVOLUI E CHEGA POR R$ 119.900

A discrição, porém, não faz dele um carro sem graça. Muito pelo contrário. O sedã impõe respeito com 4,86 m de comprimento e 1,85 m de largura. Assim como o Civic e o CR-V, a evolução no design foi cirúrgica, quase imperceptível para quem não é fã do carro. Os faróis ficaram mais espichados, mas ainda parecidos com os da geração anterior e até lembram o antigo Azera. As lanternas, quem diria, lembram às de outro Hyundai, o Genesis. Maçanetas cromadas, teto solar, faróis de led e rodas de 17 polegadas com pneus 225/50 são diferenciais do V6, enquanto o quatro cilindros usa rodas aro 16 e pneus 215/60. O Honda é de longe a opção mais conservadora entre os concorrentes, já que Fusion, Cadenza e Azera apelam para um design menos convencional.
GALERIA DE FOTOS.O que é invisível aos olhos também é motivo de orgulho e, por que não, argumento de venda da Honda. O Accord atingiu cinco estrelas na avaliação da NHTSA, principal organização nos EUA responsável por crash tests. Segundo o engenheiro da marca, Alfredo Guedes, isso se deve à nova estrutura de chassis da marca. “Há um reforço maior, com mais estruturas de absorção de impacto. É o primeiro Honda no Brasil a utilizar aço de altíssima resistência. Eles estão nas colunas B e nas laterais do assoalho” afirma. Essa otimização no chassis rendeu ainda uma ampliação no espaço interno do sedã, que tem um entre-eixos de 2,77 m. Curiosamente, a distância do Accord antigo era de 2,80 m, enquanto em comprimentou perdeu nove centímetros. Isso não interferiu no aproveitamento de espaço, segundo o fabricante. “Seguimos o conceito de máximo para o homem e o mínimo para a máquina”, completa Guedes.

  • Fonte: AUTO ESPORTE /
  • Autor: RICARDO DE OLIVEIRA /
  • Data: 01 julho 2013
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS