Nissan produzirá carros da Infiniti na China

A Nissan Motor Co. afirmou nesta sexta-feira, 20 de abril, que pretende fabricar veículos da Infiniti na China a partir de 2014. A decisão faz parte da estratégia de desafiar a supremacia alemã no segmento de automóveis de luxo.

Como os veículos importados são obrigados a pagar uma taxa de 25% para serem vendidos no mercado chinês, a decisão de fabricá-los naquele país deve colocar a Nissan em situação de igualdade frente às líderes Audi, Mercedes-Benz e BMW, já que todas elas também produzem seus automóveis por lá.

Em comunicado oficial, a Nissan afirmou que serão dois os modelos da Infiniti produzidos na futura fábrica chinesa, mas não revelou nomes. As atividades serão realizadas em regime de joint-venture com a Dongfeng Motor Group Co. A empresa não quis fornecer números de estimativas de vendas ou produção.

Entretanto, sabe-se que, à médio prazo, a Nissan pretende vender 500 mil veículos da Infiniti pelo mundo por volta de 2016. Como é de se imaginar, a China teria papel fundamental neste crescimento.

“A produção local no maior mercado de automóveis no mundo é essencial para a marca atingir um crescimento expressivo em suas vendas. Não se trata de uma opção, e sim de uma necessidade para garantir nosso sucesso”, declarou o chefe de operações da Infiniti, Andy Palmer.

No último ano fiscal, encerrado em março de 2011, a Nissan vendeu 146 mil unidades de modelos da Infiniti, sendo a maioria deles comercializada nos Estados Unidos. Na China, foram apenas 16.126 unidades vendidas, resultado pouco expressivo se comparado aos 300 mil veículos comercializados pela Audi, por exemplo.

  • Fonte: Quatro Rodas /
  • Autor: Vitor Matsubara /
  • Data: 20 abril 2012
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS