México exige mais produção e Toyota pode ter problemas

O governo mexicano, assim como o brasileiro, pretende mudar as regras para as montadoras no país. A intenção é alterar o atual decreto automotivo forçando as montadoras que produzem menos de 100.000 veículos por ano a investirem US$ 100 milhões na ampliação da produção.

O investimento é necessário para que estas montadoras consigam registros anuais para 2013 e 2014, algo como a habilitação no Inovar Auto, por exemplo.

Dessa forma, as montadoras de baixo volume conseguiram benefícios fiscais disponíveis para grandes produtores. O atual decreto obriga produção mínima de 50.000 carros/ano, mas o governo diz que a Toyota não cumpre esse volume.

Sendo uma das mais prejudicadas, caso o decreto seja alterado, a Toyota rebate as afirmações, dizendo que durante 10 anos atendeu todos os requisitos locais para produção de automóveis e está aberta ao diálogo com o governo.

  • Fonte: Notícias Automotivas /
  • Autor: Notícias Automotivas /
  • Data: 05 novembro 2012
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS