Mercedes-Benz Classe A chega em março mirando Audi A1 e A3

Numa festa que tinha como tema a paixão e a beleza de casais jovens (respectivamente, o sentimento pretensamente despertado pelo novo carro, que é realmente muito bonito, e o tipo de público desejado pela marca), a Mercedes mostrou três unidades do Classe A, mas descartou uma delas e afirmou ainda estar estudando a viabilidade de outra.

O palco principal foi dominado pelo esportivo A 250 Sport, ostentando LEDs diurnos, faróis de bi-xênon, o centro do para-choque (inspirado em carros de Fórmula 1) grifado de vermelho, teto solar panorâmico, a maravilhosa grade diamante e fendas no para-choque traseiro herdados do carro-conceito, além da mexida esperta da AMG em chassi, suspensão, rodas, tração (integral), câmbio automatizado de dupla embreagem e sete marchas (DCT) e no motor 2.0 turbo (211 cavalos). Guarde o sorriso! Ele está fora dos planos para o Brasil (UOL Carros torce para que isso mude num futuro próximo).

Teremos por aqui, inicialmente, apenas o A 200, dotado do mesmo motor 1.6 turbo do Classe B lançado no final de 2012, com injeção direta de gasolina, que gera 156 cavalos de potência com torque de 25,5 kgfm (desde os 1.250 giros) despejados sobre as rodas dianteiras e que se vale da dinâmica do downsizing para atuar como um motor maior, de 2 litros (daí a numeração 200 do nome), com consumo na casa dos 10/12 km/l na cidade, graças ao gerenciamento das setes marchas do câmbio DCT. Preços e pacotes ainda estão sendo estudados e poderão ser uma mistura dos outros dois carros mostrados na festa.

  • Fonte: Uol Carros /
  • Autor: Eugênio Augusto Brito /
  • Data: 04 fevereiro 2013
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS