INDIANOS NO BRASIL: CONHEÇA AS MARCAS QUE VENDEM UTILITÁRIOS E MOTOS NO PAÍS

De utilitários, apenas a Mahindra está presente. Esta também vende tratores aqui. Outro segmento onde os indianos estão presentes no Brasil é o de motocicletas, mas há somente uma marca: Royal Enfield. Mas não é a única que vende produtos “made in India”. A Dafra também vende um modelo da moto da TVS, rival da Bajaj, que chegou a ensaiar um desembarque no país. No último Salão das Duas Rodas, a Hero Honda mostrou seus produtos aos brasileiros.

A Mahindra monta os utilitários da linha Scorpio (SUV, picape cabine dupla e picape-chassi) em Manaus/AM, através da Bramont. No entanto, a marca anda testando (especialmente na Baixada Santista) modelos mais modernos, tais como Quanto e XUV 500, dois utilitários esportivos que prometem elevar as vendas da empresa aqui. Os preços variam entre R$ 69.995 e R$ 109.995.Outra marca é a Royal Enfield. A marca originalmente é inglesa e tem mais de 100 anos. Atualmente no segmento custom, a empresa produz hoje em dia apenas na Índia e o modelo proeminente é a Classic, que apesar do nome e do que se imagina, é de fato um modelo desenvolvido nos anos 30 e lançado no Reino Unido do pós-guerra, sendo produzida até os dias atuais. Quem imaginou que só a Kombi era vovó no mundo, se enganou. As vendas ainda são tímidas e há promessa de montagem nacional. O preço (único para as sete versões) é de R$ 24.000.

Por fim, a Dafra foi à Índia em busca de uma moto street esportiva e consagrada, o que não é difícil encontrar por lá. Assim, trouxe da TVS a Apache 150. O modelo sofreu várias adaptações (inclusive de nome de cilindrada) para ser vendida aqui. Elogiada por muitos donos, ela consegue bom desempenho e pilotagem de acordo. Por lá existem outras opções, mas por enquanto somente ela faz parte do time da marca brasileira. O modelo custa R$ 6.290.

A Reva chegou ao país uns dois anos atrás e chegou a circular com o pequeno Reva i, um pequeno urbano elétrico que seria vendido por empresas do setor elétrico controladas por um grupo colombiano. Infelizmente o plano deu errado e poucas unidades foram vistas no país, duas delas (usadas) chegaram a ser oferecidas na internet.

  • Fonte: NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS /
  • Autor: RICARDO DE OLIVEIRA /
  • Data: 01 abril 2013
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS