HB20, o Hyundai nacional

O plano de lançamento prevê um canal de vendas específico para o HB20, que deve incluir uma rede própria para distribuir o modelo, mas a marca não revela os detalhes da operação. A garantia será de cinco anos, como nos demais modelos da Hyundai. O pacote de conteúdos também está definido. "Será uma gama simples, mas abrangente", diz o gerente de produto Rodolfo Stopa. Airbags frontais serão itens de série desde a versão mais básica, com o ABS opcional. As unidades avaliadas por Autoesporte (inclusive a 1.0) estavam repletas de equipamentos: tinham travas, retrovisores e vidros elétricos, CD player com entrada para iPod e comandos no volante, direção hidráulica, ar-condicionado, faróis com acendimento automático, sensor de estacionamento e rodas de liga. Mas na visita à linha de montagem foi possível observar carros mais simples, com calotas.Como aconteceu da primeira vez que dirigimos o modelo, ainda na Coreia, os carros do test-drive estavam camuflados. Mas dessa vez a marca divulgou quatro imagens do carro final, com destaque para o formato da grade, os faróis e a lanterna traseira com o logotipo “HB20” logo abaixo. O nome foi uma mistura da nomenclatura do projeto (HB) com a numeração usada pela marca para os carros compactos, como o i20 vendido na Europa.

As medidas exatas da carroceria ainda são mantidas sob sigilo, mas o porte é muito semelhante ao do Gol. E o espaço interno é parelho ao do VW, tanto na cabine quanto no porta-malas. O acabamento, entretanto, está um nível acima do que se encontra nesta categoria: plásticos que aparentam qualidade, portas forradas com boa dose de tecido, encaixes justos, montagem caprichada. O belo painel lembra bastante o do Elantra, com destaque para o quadro de instrumentos de iluminação azulada e o sistema de som em posição elevada (a entrada para iPod fica num compartimento com tampa à frente da alavanca de câmbio). O volante de quatro raios ajusta em altura e profundidade, e pode ter os comandos do som. Já as teclas dos vidros elétricos (na porta) carecem de iluminação, e apenas a do motorista tem comando “um toque”.

  • Fonte: Auto Esporte /
  • Autor: DANIEL MESSEDER /
  • Data: 20 julho 2012
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS