GOVERNO VAI SIMPLICAR TRANSFERÊNCIA DE VEÍCULOS USADOS

Isso quer dizer que no momento em que o consumidor revender seu automóvel à concessionária, a transferência será realizada no mesmo instante para a loja e ele não terá mais nenhuma responsabilidade sobre o veículo, incluindo penalidades, taxas e encargos de trânsito incidentes. O mesmo acontecerá no caso da compra de um modelo usado. Assim que a loja emitir a nota fiscal eletrônica da venda do seminovo, o veículo será automaticamente transferido para o novo dono. Em resumo: você não terá mais aqueles 30 dias úteis para realizar a transferência do veículo, nem pagar taxas ou reconhecer firma do Certificado do Registro do Veículo (CRV). Na teoria, tudo isso ficará mais simples.

Segundo Afif, a medida tem como objetivo desburocratizar o processo e reduzir os custos do consumidor com a papelada. De acordo com o ministro e com Luiz Moan, presidente da Anfavea, a eliminação do registro físico pode significar uma economia de até R$ 980 para o bolso do consumidor. "Acreditamos que essa economia será com certeza repassado ao consumidor e isso tende a ajudar nas vendas. Esses quase mil reais representam um abatimento de 5% no valor de um carro de R$ 20 mil ", afirmou Moan.

Essa deliberação do Contran saiu no Diário Oficial de hoje, o qual determina que o Renave será um sistema composto por dados do Denatran, da Secretaria da Receita Federal do Brasil e das Secretarias de Fazenda Estaduais, representadas pelo Conselho Nacional de Fazenda (Confez) e tendo por base a Nota Fiscal Eletrônica - NFe. Essa deliberação será transformada em uma resolução com força de lei em setembro. A partir daí, a data para o sistema começar a vigorar no país será definida, mas espera-se que ela comece a valer a partir de março de 2016.
Para que a medida seja aplicada, a nota fiscal eletrônica do veículo deverá incluir informações do registro do veículo no Denatran e os dois sistemas devem estar integrados. Por enquanto, o processo vai contemplar apenas os veículos usados vendidos ou comprados em concessionárias.

  • Fonte: AUTO ESPORTE /
  • Autor: TEREZA CONSIGLIO /
  • Data: 01 setembro 2015
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS