FIAT NOVO UNO 2015

Se você olhar para o exterior do Novo Uno 2015, talvez tenha dificuldade em perceber as mudanças cosméticas feitas pela Fiat no hatch. Elas existem, sim. Faróis e lanternas, bem como para-choques, para-lamas e grades, passaram por sutis reestilizações. Mas as grandes novidades do modelo podem ser percebidas ao adentrar na cabine.

A Fiat destaca o fato de o Novo Uno 2015 ser o primeiro carro produzido no Brasil a contar com o sistema Start&Stop (item de série na nova versão Evolution), muito comum em modelos importados e de segmentos superiores. Voltado para a redução no consumo de combustível, ele desliga o motor do veículo quando estiver em ponto morto, bastando um toque na embreagem para retomar o funcionamento.

Outra inovação implantada no hatch é câmbio automatizado Dualogic Plus, disponível nas versões 1.4 Way e Sporting. Em vez da tradicional manopla, os comandos passam a ser executados por meio de botões inseridos no console central, incluindo a escolha de modo manual ou automático e o acionamento da função Sport. Para trocas manuais, borboletas estão instaladas atrás do volante.

Um novo sistema multimídia, com tela de 3,5 polegadas, também confere ar mais tecnológico à cabine. Em versões mais avançadas, como aquelas equipadas com motor 1.4, a central oferece diversas informações de condução (distância percorrida, consumo médio, autonomia), temperatura do motor e externa, indicador de lâmpadas queimadas, dados sobre o áudio, entre outras. Já o rádio conta com entradas AUX e USB.

Em relação à motorização do Novo Uno 2015, não há qualquer modificação na comparação com o modelo anterior. Seguem disponíveis os blocos 1.0 flex, oferecendo 75/73 cavalos de potência (abastecidos com etanol/gasolina) e 9,9/9,5 kgfm de torque, e 1.4 flex, entregando 88/85 cv e 12,5/12,4 kgfm.

  • Fonte: QUATRO RODAS /
  • Autor: RODRIGO FURLAN /
  • Data: 09 setembro 2014
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS