Depois de reestilização, Fiat Punto T-Jet ganha competitividade e vira o turbo mais barato do Brasil

Além disso, tinha diferença de preço muito alta em relação ao Punto imediatamente inferior – o “gap” chegava a R$ 14 mil. No meio do ano, a Fiat tratou de ajustar a bagunça. Promoveu uma reestilização geral do Punto e abaixou o preço do T-Jet para R$ 55.740 – apenas R$ 7 mil a mais que a versão Sporting Dualogic, a segunda mais cara. De quebra, se tornou o carro turbo mais barato do Brasil.

O problema é que o apelo econômico não parece ter sido suficiente. Apesar da queda de preço ter sido na ordem dos R$ 10 mil, o share de vendas do Punto T-Jet ainda não empolga. Hoje, 4% de todos os Punto vendidos são da configuração esportiva. Ao menos, em termos absolutos, mais unidades do veículo ganharam as ruas.Isso porque a reestilização de julho deu uma “animada” nas vendas de toda a linha. Antes do face-lift, a média mensal de emplacamentos ficava na ordem dos 2.700 exemplares. Hoje, esse número supera as 4.500 unidades por mês. É verdade que o mercado como um todo também foi impulsionado com a redução do IPI, mas o crescimento de 68% é inegavelmente significativo.

O principal apelo do T-Jet ficou inalterado nas modificações do meio do ano. O que é algo bom. Afinal, o motor 1.4 turbo sempre foi o destaque do hatch. Com o auxílio de uma turbina de 1,0 bar de pressão e intercooler, ele desenvolve 152 cv a 5.500 rpm e tem torque de 21,1 kgfm entre 2.250 e 4.500 giros.

Importado da Itália, o propulsor roda apenas com gasolina. Diferentemente do Bravo T-Jet, que também tem uma transmissão italiana de seis marchas, o Punto mantém a mesma unidade usada em outros tantos modelos da Fiat por aqui, com cinco velocidades. Com peso total de 1.263 kg, o compacto acelera de zero a 100 km/h em 8,3 segundos e atinge os 203 km/h, segundo a fabricante.Contudo, existiram novidades na maneira como essa força é entregue. A linha 2013 do T-Jet conta com o que a Fiat chama de sistema DNA.

  • Fonte: Notícias Automotivas /
  • Autor: Notícias Automotivas /
  • Data: 04 janeiro 2013
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS