Consumo de combustível do Golf VII desagrada o Greenpeace

A sétima geração do Golf mal foi lançada e já surgiram as primeiras críticas. Além da “reclamação” do visual pouco inspirado, o consumo combustível do novo veículo virou motivo de discussão entre os ativistas ambientais. Wolfgang Lohbeck, especialista do setor de transportes do Greenpeace da Alemanha, afirmou que a Volkswagen tinha tecnologia suficiente para desenvolver um veículo que tivesse uma autonomia de 33,3 km/l e não os 20,4 km/l do Golf VII.

O especialista ainda falou em decepção com o número divulgado pela marca alemã. Lohbeck disse que apesar dos planos da fabricante de introduzir uma variante elétrica do Golf em 2013, isso não importa muito, porque não vai "compreender a maior parte dos volumes", acrescentando que e o alvo deveria ser a variante a gasolina de nível de entrada.

No evento que marcou o lançamento do novo veículo da Volkswagen um protesto foi deflagrado por cerca de 50 pessoas em virtude do consumo de combustível do carro e a preocupação com o meio ambiente. Martin Winterkorn, CEO do Grupo respondeu dizendo que o Golf VII é “é a resposta certa a alta dos preços dos combustíveis”.

  • Fonte: MotorDream /
  • Autor: Raphael Panaro /
  • Data: 06 setembro 2012
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS