Cerca de 29% dos jovens enviam torpedos ao guia

Enquanto oito em cada dez dos entrevistados disseram que sabiam dos riscos, 29% dos condutores entre 16 e 21 anos confirmaram ter usado mensagens de texto no mês passado ao guiar, segundo o estudo. E 47% afirmaram que tinham feito pelo menos uma chamada pelo telefone celular enquanto dirigem, sem o auxílio de um fone de ouvido ou dispositivo viva-voz.

A mesma pesquisa mostrou que 48% disseram já ter visto um ou ambos os pais utilizando o telefone celular sem um dispositivo apropriado.

Dados do instituto de segurança National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), dos Estados Unidos, apontam que em 2010 cerca de 3.092 pessoas morreram em acidentes causados por distração ao volante, o equivalente a 9,4% de todas as mortes nas estradas americanas.

Uma pesquisa NHTSA no início deste ano mostrou que os motoristas mais jovens com idades entre 18 e 20 anos apresentaram o maior nível de risco ou de envolvimento em acidentes. Condutores nessa faixa de idade, segundo o estudo, são três vezes mais propensos a ler ou enviar mensagens de e-mail ou de texto ao dirigir que os de 25 anos ou mais.

Trinta e sete dos 50 Estados dos EUA já proibiram totalmente o uso do teclado – para envio de mensagens de texto - em telefones celulares ou em outros dispositivos ao volante, e 10 Estados proibiram o uso de telefones móveis.

  • Fonte: Carsale /
  • Autor: Da Redação /
  • Data: 11 maio 2012
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS