BOSCH TRABALHA EM EVOLUÇÃO DA EMBREAGEM SEMI-AUTOMÁTICA

Palio Citymatic, Corsa Autoclutch, Classe A AKS... Soa familiar? Isso mesmo. Uma evolução da embreagem semi-automática pode estar de volta. A Bosch trabalha no e-Clutch, um sistema protótipo para automóveis com câmbio mecânico que aciona eletronicamente a embreagem. Ou seja, não precisa pisar no pedal, mas a troca da marcha é realizada de forma manual - a Bosch estuda retirar o pedal no produto final.

A ideia é proporcionar mais conforto e, ao mesmo tempo, manter o controle do veículo, além de reduzir o consumo. Segundo a Bosch, o sistema consegue economizar entre 5% e 10% de combustível frente à embreagem convencional por meio do Idle Coasting, que entra em operação quando se retira o pé do acelerador. Nesse caso, a embreagem desacopla o motor da transmissão (porém, a marcha permanece engatada) de modo a aproveitar ao máximo a energia de movimento do veículo e reduzir o consumo.

A embreagem é reacoplada automaticamente quando se pisa no freio ou no acelerador. Em termos de custo, a empresa espera situar o e-Clutch entre câmbios mecânicos e automatizados, que hoje custam R$ 3 mil. O bom é que o e-Clutch tem funções e características de câmbio automático: anda e para do trânsito, em saídas de rampa e na assistência de estacionamento.

  • Fonte: CAR AND DRIVER /
  • Autor: REDAÇÃO /
  • Data: 30 novembro 2015
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS