Após recorde em agosto, venda de carros e comerciais cai 31,5% em setembro

As vendas de automóveis e comerciais leves recuaram cerca de 31,5 por cento em setembro em relação ao recorde histórico de agosto, informou uma fonte do mercado nesta segunda-feira, citando dados preliminares de emplacamentos.

O mercado registrou licenciamentos de 277,7 mil automóveis e comerciais leves, numa média diária útil de cerca de 14,6 mil unidades. Na comparação com setembro de 2011, que teve dois dias úteis a mais de vendas, houve queda de 5,4 por cento.

Os recuos aconteceram depois que o governo decidiu prorrogar de agosto para o fim de outubro o desconto do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) nas vendas de veículos. A expectativa sobre o fim do tributo menor entre os consumidores ajudou a impulsionar as vendas de agosto.

A associação de concessionários Fenabrave deve divulgar mais tarde nesta segunda-feira o resultado consolidado de vendas de veículos, incluindo ônibus e caminhões.

  • Fonte: R7 /
  • Autor: Alberto Alerigi Jr. /
  • Data: 01 outubro 2012
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS